segunda-feira, 9 de junho de 2014

Cachorro pode comer frutas?

Cachorro pode comer frutas? Considerando que a boa alimentação é muito importante para a saúde de qualquer um, incluindo os animais de estimação, algumas perguntas acabam surgindo quando pensamos na alimentação de nossos pets. Será que os cães podem assimilar os nutrientes das frutas da mesma maneira que um ser humano? Cachorro pode comer frutas?


Cachorro pode comer frutas?
Cachorro pode comer frutas?

Umas das coisas mais importantes para nós, que amamos nossos cães e queremos tratá-los da melhor maneira possível é fazer com ele eles estejam sempre saudáveis. Para que os nossos bichos estejam alegres, saltitantes e fazendo tudo aquilo que nos faz  tão bem é essencial que eles estejam com a saúde em dia.

Nossos cães fazem parte da família, oferecem amor incondicional, sem pedir muita coisa em troca. E quando se trata da saúde do peludo, queremos poder fazer de tudo para melhorar a sua qualidade de vida, certo? Pois é, pensando nisso, muita gente acaba optando em melhorar a qualidade da alimentação de seus pets, e decidem oferecer a eles uma alimentação saudável, baseada em ingredientes naturais, com carne fresca, cereais, legumes, verduras e frutas.

Quando nos perguntamos se cachorro pode comer frutas, a primeira coisa que é importante considerar é que as frutas, em linhas gerais, não são realmente prejudiciais para os cães, porém não fazem parte de sua dieta natural. O que podemos dizer, ao certo, é que um cachorro não deve consumir frutas regularmente, ou em grandes quantidades. As frutas são basicamente formadas de açúcares, que se transformam em carboidratos que podem ser prejudiciais para o seu cachorro com o passar do tempo. Como a ideia é a de melhorar a qualidade de vida de seu cão através da boa alimentação, esse fato isolado já acaba contrariando essa proposta.

Cachorro pode comer frutas?


Cachorro pode comer frutas?
Cachorro pode comer frutas?

Depois de expostas essas questões iniciais, e considerando tudo o que foi explicado, a resposta curta para essa é pergunta é: sim, salvo algumas exceções, cachorro pode comer frutas, afinal não estamos falando de alimentos com grande potencial tóxico para os cachorros. No entanto, conforme colocado mais acima, as frutas não fazem parte da dieta natural dos cães e não podem ser oferecidas como a única fonte de nutrientes, nem em grandes quantidades. E os motivos são simples. Além da questão abordada no inicio deste artigo, há outras preocupações no que diz repeito a ingestão de frutas por cães, em especial algumas delas.

Na natureza, sem o auxílio dos seres humanos, os cães preferem as refeições à base de carne, pois é um alimento com alto índice de proteína e é a base da alimentação dos cachorros. Mesmo que eles acabem em algum momento ingerindo frutas ou outros vegetais, isso acontece em conjunto com a ingestão de carnes e suas proteínas, justamente para que eles possam ter energia durante todo o dia. Como as frutas são formadas principalmente por água e açúcar, a ingestão desse tipo de alimento separadamente vai oferecer ao seu cão muita energia rapidamente, mas vai resultar no equivalente a uma queda na taxa de açúcar do sangue ao final do dia. Além disso, alimentar o seu cão somente com frutas, os níveis de pH no estômago sofre alterações, podendo causar dor de estômago e/ou desconforto estomacal.

Podemos dizer que a ingestão de frutas não vai causar nenhum problema severo de saúde, mas o mais importante é que, caso você queira oferecer frutas a ele, isso seja feito com moderação. Mesmo assim, a ingestão de frutas deve ocorrer em conjunto com as carnes que ele come normalmente, nunca em separado.

É importante dizer ainda, que se o seu cachorro está acostumado a uma dieta baseada em carnes, o estômago dele não é bom em digerir frutas. É certo dizer que ele pode nem mesmo demonstrar interesse em comer o fruto, ou ainda encontrar dificuldade para digerir certos tipos de frutas, em especial as cítricas, como laranja, abacaxi, tangerina, etc, que contêm ácidos de difícil digestão para cães que não estão acostumados.

Devo evitar oferecer frutas ao meu cachorro?


Os cães podem comer quase tudo que o ser humano consome, incluindo frutas. Os frutos são alimentos completos, o que significa que eles contêm minerais, nutrientes como vitaminas e ainda uma pequena quantidade de proteína e gordura. O problema é que essas proteínas e gorduras que podem ser encontradas nos frutos não é suficiente para suprir as necessidades de seu cão se considerarmos esses frutos como substitutos da carne. Na maior parte das frutas cruas, há dois nutrientes que são encontrados em maior quantidade, a vitamina A e a vitamina C. Em teoria, isso seria suficiente para considerar as frutas como boas fontes de nutrientes para o seu cachorro. Essas vitaminas são muito importantes para a saúde, pois desempenham papéis importantes na criação de energia, melhora do sistema imunológico, e portanto, no combate às doenças. Porém, as frutas não podem ser consideradas essenciais na alimentação canina, já que esses nutrientes podem ser encontrados em outras fontes.

Apesar de todos os "contras", também podemos dizer que as frutas (algumas mais do que outras) podem ser benéficas para os cães. As frutas podem ser uma boa fonte de nutrientes para o seu cão, sendo um coadjuvante para uma dieta equilibrada e um sistema imunológico saudável. Além disso, de acordo com alguns estudos, as frutas podem, de maneira geral, trazer benefícios ao longo da vida de um cão, evitando um envelhecimento precoce e mantendo o corpo livre de doenças degenerativas.

Quais são as melhores frutas para oferecer aos cachorros?


Se você está convencido de que oferecer frutas em pequena quantidade pode ser benéfico para o seu cão, é importante saber que algumas frutas são consideradas mais indicadas para os animais do que outras. Conforme explicado mais acima, as frutas cítricas devem ser evitadas, pois podem prejudicar o estômago dos cães em função dos ácidos que elas contêm. No entanto, muitas outras frutas podem oferecer nutrientes benéficos para os cachorros.

Para os seres humanos, as maçãs inteiras, por exemplo, fornecem uma boa quantidade de vitamina A, vitamina C, betacaroteno e pectina, um polissacarídeo que liga e elimina toxinas do corpo. As peras inteiras também contêm pectina, assim como potássio, que é benéfico aos músculos, ao coração e ao metabolismo. É muito provável que esses benefícios também se apliquem aos cachorros, mesmo que em menor intensidade. Ao oferecer frutas como maçã ou pera, lembre-se de retirar primeiramente as sementes. 

Dicas Importantes sobre frutas e vegetais na alimentação dos cães


Jamais pense em tornar o seu cachorro em um vegetariano e nunca pense em se utilizar de uma dieta vegetariana com a finalidade de fazer o seu cachorro perder peso, isso seria um total absurdo. Não esqueça que o seu cão deve poder se alimentar de carne, essa deve ser a sua principal fonte de nutrientes. A carne é responsável por fornecer a proteína e a energia que o seu cão precisa regularmente. Outros alimentos como verduras, cereais e legumes, podem sim fazer parte da alimentação do seu cão, mas em menor quantidade. Alimentá-lo somente com vegetais não é suficiente para uma dieta saudável, na verdade, isso seria uma verdadeira insanidade. Já em relação as frutas, ofereça ao seu cão com moderação, caso você realmente queira oferecê-las.



Importante: O conteúdo desse blog tem caráter meramente informativo, e em nenhuma circunstância, substitui a orientação de um veterinário, especialmente no caso de distúrbios de fundo alimentar, intoxicação, ou qualquer outra patologia relacionada à ingestão de alimentos ou outros produtos. Sempre que houver qualquer sintoma atípico com seu pet, leve-o imediatamente ao veterinário. Lembre-se que quanto mais cedo for diagnosticado o problema, maior a chance de cura.