segunda-feira, 9 de junho de 2014

Cachorro pode comer ovos?

Cachorro pode comer ovos? Muita gente me pergunta se os ovos podem fazer parte da alimentação regular de seus peludos. Até hoje, há um conjunto de mitos e equívocos a respeito da ingestão de ovos por cães, portanto vamos neste artigo tentar descomplicar um pouco esta questão.


Cachorro pode comer ovos?

Os ovos são considerados um alimento completo e uma importante fonte de vitaminas e sais-minerais. O motivo para que os ovos sejam assim tão completos é muito simples. Eles contém tudo aquilo que é preciso para que um novo franguinho cresça e se desenvolva ali dentro. Os ovos são ainda, uma das mais completas fontes de aminoácidos, os blocos que compõe as proteínas. É um alimento rico em riboflavina, vitaminas A e B12, ferro, selênio e ácidos-graxos. Mas será que esses são motivos bons o suficiente para afirmar que os cães podem utilizar os ovos como alimento?

Cachorro pode comer ovos?


Os problemas mais evidentes em alimentar o seu cachorro com ovos são os potenciais efeitos colaterais. No entanto, podemos dizer que esses efeitos colaterais não são tão importantes assim. O mais importante deles, é um possível ganho de peso, especialmente se o seu cachorro engorda fácil, ou se ele é de uma raça que tenha propensão para a obesidade. Como os ovos são ricos em gordura e proteína, você deve utilizar de bom senso caso tenha interesse em alimentar o seu cão com ovos, já que alguns cães ou algumas raças podem ganhar peso com maior facilidade, em especial os cães mais velhos, ou que já tenham tendência para obesidade. Uma dica para casos como esse é descartar a gema e alimentar o seu cão somente com a clara do ovo, pois é na gema que se concentra a maior parte da gordura do ovo. Outro possível efeito colateral é a flatulência, que pode ocorrer depois de uma refeição que inclua ovos. Um dos principais benefícios dos ovos na alimentação dos cachorros é a melhora da pelagem. A ingestão de ovos faz com o pelo do seu cachorro fique mais vistoso e brilhante, dando a ele uma aparência mais jovem.

Cachorro pode comer ovos crus?


Muita gente é contra incluir ovos na alimentação de cães, mas na maior parte das vezes essas opiniões são formadas por mitos, e equívocos por parte dos proprietários. Aqueles que se opõe a alimentação de cães que incluam ovos afirmam que a clara do ovo contêm inibidores de enzimas, que podem interferir com a digestão, em especial no caso dos filhotes e dos cães idosos. Isso é verdade, no entanto, o importante é saber que os ovos não devem ser a base da dieta do seu cachorro, mas, de maneira geral, são perfeitamente seguros para a alimentação regular de cães adultos. Esse problema pode ser eliminado com o cozimento por completo da clara do ovo, porém a clara cozida deixa de oferecer a maior parte dos nutrientes para o seu cão. Por isso, muitos proprietários optam em oferecer o ovo cru, ou semi-cozido, como um ovo quente. Além disso, muita gente diz que os ovos tem um alto índice de colesterol, e pior ainda, que apresentam o risco de contaminação por salmonela e e que causam deficiência de biotina. Isso não é verdade. Os ovos são alimentos baratos, completos e perfeitamente seguros para o seu cão, mesmo se oferecidos crus. É, em resumo, um dos alimentos mais completos e nutritivos que você pode oferecer para o seu cão. Se mesmo assim, você não está convencido que o seu cachorro pode comer ovos crus, há inúmeras outras maneiras de oferecer ovos ao seu cão. Portanto vamos responder a nossa questão inicial de forma categórica: sim, cachorro pode comer ovos, sejam eles cozidos, mexidos, quentes ou até mesmo crus.



Importante: O conteúdo desse blog tem caráter meramente informativo, e em nenhuma circunstância, substitui a orientação de um veterinário, especialmente no caso de distúrbios de fundo alimentar, intoxicação, ou qualquer outra patologia relacionada à ingestão de alimentos ou outros produtos. Sempre que houver qualquer sintoma atípico com seu pet, leve-o imediatamente ao veterinário. Lembre-se que quanto mais cedo for diagnosticado o problema, maior a chance de cura.

Saiba mais sobre nutrição canina

Saiba + sobre Cachorros