terça-feira, 10 de junho de 2014

Cachorro pode comer ração de gato?

Cachorro pode comer ração de gato? Essa é uma pergunta bastante comum entre os donos de pets que têm cães e gatos em casa. Isso porque, se for dada a chance, os cães costumam preferir a ração do gato do que a sua própria ração. Mas será que a ração para gatos pode fazer mal a um cachorro? E se o cão acabar consumindo essa ração regularmente, será que isso pode ser prejudicial à saúde?


Cachorro pode comer ração de gato?
Cachorro pode comer ração de gato?

Uma coisa é certa. A ração para gatos é muito mais atraente para o cachorro do que a ração feita para ele e há vários bons motivos para que isso aconteça. Em geral, as rações formuladas especialmente para os bichanos são mais ricas em alguns nutrientes, como fibras, e especialmente em gordura e proteínas. Isso torna a ração muito mais atraente para os cães, no entanto esse não é o único bom motivo para os cães preferirem as rações para gatos.

Outro motivo, e os proprietários de gatos estão bem acostumados com isso, é que ao contrário dos cães, os gatos gostam de fazer suas refeições nos horários que eles escolhem. Por isso, muitos donos de gatos preferem deixar a ração à vontade no prato de comida, para que eles possam se alimentar quando sentirem fome. Essa disponibilidade, certamente é um fator que contribui para que os cães acabem "roubando" um pouco dessa ração toda vez que houver oportunidade.

E há ainda outro bom motivo. Em geral, os gatos são mais exigentes do que os cães em relação a sua comida, e muitas vezes até em relação a água. É normal, portanto, que a ração para gatos possua mais atrativos do que as formuladas para cães, seja em relação ao sabor, cheiro, etc. Mas a pergunta é se essa ração formulada especialmente para os gatos podem ou não fazer mal para os cães, seja ela consumida ocasionalmente ou regularmente.

Cachorro pode comer ração de gato?


É altamente improvável que ocorra qualquer dano mais sério à saúde de um cachorro caso ele venha a comer uma ração para gatos. No entanto, pode haver implicações a longo prazo caso um cachorro mantenha uma dieta regular à base de ração para gatos. Como essa ração é, em geral, mais rica em gordura e proteína, ela satisfaz menos o animal, que acaba comendo mais do que devia. A longo prazo, o mínimo que pode acontecer com o seu cão é acabar ficando acima do peso.

Cachorro pode comer ração de gato?
Cachorro pode comer ração de gato?

Você pode até pensar que por ser uma ração industrializada, não há tanta diferença assim entre a ração para gatos e ração para cães, mas isso não é verdade. As rações feitas para gatos são formuladas de acordo com as necessidades nutricionais específicas dos felinos, e apresentam sim diferenças em sua fórmula em comparação com as rações para cachorros. Os gatos necessitam, por exemplo, de uma quantidade maior de proteína do que um cachorro, além de certas vitaminas do complexo B e aminoácidos como a taurina, que os alimentos para cães não contêm.

Considerando que este tipo de ração foi formulada especificamente para os gatos, a resposta para nossa questão é: não, cachorro não pode comer ração de gato. Conforme explicado mais acima, caso um cachorro acabe acidentalmente ingerindo ração para gatos, não deve ocorrer nenhum dano grave, afinal não há nada na ração para gatos que possa ser considerado tóxico para os cães. Por outro lado, se um cachorro consome de forma regular rações formuladas especialmente para gatos, alguns problemas de saúde podem acabar aparecendo ao longo do tempo. É provável que o primeiro e mais evidente sintoma seja o ganho de peso.

Outros problemas ainda mais importantes do que o ganho de peso podem surgir se o um cachorro se alimentar regularmente de ração para gatos. Cães que estiverem se alimentando exclusivamente desse tipo de ração são mais propensos a desenvolver problemas digestivos decorrentes dos níveis de gordura mais elevados da comida dos gatos. Esses problemas podem ser identificados através dos sintomas mais frequentes, como a diarreia e vômitos. Com o passar do tempo, os cães que não conseguem eliminar a proteína extra contida na ração para gatos através de seu sistema excretor, pode ainda desenvolver doenças renais.

Como impedir que o cachorro se alimente da comida para gatos


Se você tem cães e gatos em casa, impedir que o seu cachorro prefira a comida oferecida ao seu gato pode ser um grande desafio e será necessário um pouco de planejamento para evitar que isso aconteça. Há de fato alguma dicas importantes que podem ser seguidas para evitar que os cães comam a comida dos gatos.

A primeira ideia é oferecer a refeição para o seu cão e para o seu gato em diferentes locais da casa, e distantes um do outro. Por exemplo, enquanto um está comendo na cozinha, o outro pode comer na área de serviço. Uma boa dica é instalar um portãozinho desses para pets que possa isolar o local onde o gato se alimenta, de maneira que o cão não consiga pular e nem rastejar por debaixo, ou ainda instalar uma passagem para gatos na porta. Se isso não funcionar, ou se não houver uma maneira de dividir os dois ambientes, você ainda pode tentar alimentar o seu gato em um local alto, que o seu cão não alcance, como por exemplo, em cima de uma bancada, ou até mesmo da máquina de secar roupas. Se nada disso funcionar, sempre há a possibilidade de você alimentar o seu gato em um engradado, casinha, ou caixa-transporte apropriados para gatos. Dessa forma, o seu gato pode se alimentar sossegado, sem riscos do seu cão roubar a sua comida.




Importante: O conteúdo desse blog tem caráter meramente informativo, e em nenhuma circunstância, substitui a orientação de um veterinário, especialmente no caso de distúrbios de fundo alimentar, intoxicação, ou qualquer outra patologia relacionada à ingestão de alimentos ou outros produtos. Sempre que houver qualquer sintoma atípico com seu pet, leve-o imediatamente ao veterinário. Lembre-se que quanto mais cedo for diagnosticado o problema, maior a chance de cura.