segunda-feira, 9 de junho de 2014

Frango assado orgânico

Preparamos hoje uma nova receita para seu peludo. Aprenda a preparar um delicioso frango assado orgânico para cães. Com a lista de ingredientes sugeridos abaixo você fará aproximadamente 3,2 a 3,5 kg de alimento.


Receita de frango assado orgânico
Receita de frango assado orgânico para cães

A dose diária recomendada para seu peludo é de 1,5% do peso de seu corpo para cães sedentários ou com excesso de peso, e de 2% a 3% para os adultos com um estilo de vida mais ativo. Já para os filhotes é de 5%. É recomendado que você fracione a ração diária em duas refeições para cães adultos e em 3-4 refeições para os filhotes. Claro, que essas doses são apenas indicativos e devem ser adaptados a cada indivíduo. Se você não tiver certeza,é importante que você consulte um veterinário com experiência em alimentação natural, ou um nutricionista canino. Infelizmente ainda existem poucos profissionais especializados nestas áreas, mas é importante ter certeza quanto as quantidades ideais para seu peludo, antes de oferecer uma nova dieta para ele.

Ingredientes

  • 1.350 gr de peito de frango desossado e picado (45%)
  • 450 gr de corações peru (15 %)
  • 450 gr de arroz cozido (15 %)
  • 210 gr de fígado de peru (7 %)
  • 210 gr de farinha de aveia (7 %)
  • 210 gr de purê de cenoura (7%)
  • 120 gr de ricota (4%)
  • 4 ovos cozidos inteiros na casca
  • 4 colheres de sopa de óleo de linhaça
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 1 colher de chá de sal moído

Modo de preparo


Misture todos os ingredientes, com exceção dos ovos. Descasque os ovos e misture às outras carnes. Se for possível, o ideal é que se você passe todos os ingredientes em um moedor de carne. Mas caso não seja possível, despeje em uma assadeira após picar muito bem as carnes mais duras. O fígado pode ser amassado depois de assado, então não existe necessidade de picar. Leve ao forno a 160 graus por 20 minutos.

Dicas de preparo

  • Prefira servir esta receita sem adicionar água.
  • Mudanças nas quantidades de ingredientes geralmente não afetam o valor nutricional deste prato.
  • É importante, sempre antes de introduzir um novo alimento para seu cão, observar se ele não é intolerante a qualquer um dos ingredientes e, se ainda não estiver acostumado a uma dieta variada e natural, não esqueça de fazer a mudança da ração de forma gradativa, misturando uma pequena parte da nova receita com a comida habitual, aumentando gradualmente as doses até chegar, em aproximadamente uma semana a oferecer 100% de novo alimento.
  • Esta sugestão de receita também pode ser oferecida como prato principal, acompanhada de legumes e algum carboidrato, lembrando sempre que os carboidratos não devem ser a base de uma dieta canina, no entanto, eles também são importantes para complementar o valor nutricional de uma dieta.



Importante: O conteúdo desse blog tem caráter meramente informativo, e em nenhuma circunstância, substitui a orientação de um veterinário, especialmente no caso de distúrbios de fundo alimentar, intoxicação, ou qualquer outra patologia relacionada à ingestão de alimentos ou outros produtos. Sempre que houver qualquer sintoma atípico com seu pet, leve-o imediatamente ao veterinário. Lembre-se que quanto mais cedo for diagnosticado o problema, maior a chance de cura.

Veja + receitas


Saiba tudo sobre cachorros