domingo, 28 de setembro de 2014

Cachorro pode comer quinoa?

Cachorro pode comer quinoa? A quinoa é um alimento muito nutritivo, rico em cálcio, ferro, antioxidantes, proteína e fibras. É um alimento frequentemente utilizado como substituto de cereais como o arroz e o trigo. Mas será que os cães podem comer a quinoa e aproveitar esses nutrientes da mesma fora que o ser humano?


Cultivada na Bolívia, Colômbia, Peru e Chile, a quinoa é um alimento nativo da região andina e muito importante na alimentação dos povos dessa região. Rica em vitaminas e proteína, a quinoa tem se popularizado nos últimos anos por ser um substituto dos cereais tradicionais, em especial para o preparo de farinha sem glúten.

Cachorro pode comer quinoa?
Cachorro pode comer quinoa?

Considerado um pseudo-cereal, pois as características de plantio e crescimento são diferentes, esse grão apresenta os mesmos tipos de nutrientes que os cereais propriamente ditos. Essa planta contém ainda aminoácidos essenciais, difíceis de encontrar em outros alimentos e pode ser considerada uma das melhores fontes de proteína do reino vegetal. Mas a questão importante para nós é determinar se esse fantástico alimento pode ser oferecido aos cães de forma segura, e se eles podem absorver os nutrientes da quinoa na mesma intensidade que nós.

Cachorro pode comer quinoa?


Mesmo que os cães não sejam capazes de assimilar todos os nutrientes da quinoa na mesma intensidade que o ser humano, esse rico alimento pode ser considerado benéfico também para os cachorros, desde que não seja oferecido cru. A quinoa pode até mesmo fazer parte da alimentação regular dos cães que recebem uma dieta caseira, como um complemento alimentar. Portanto, podemos responder a essa pergunta dizendo que sim, cachorro pode comer quinoa, desde que os grãos estejam cozidos, preparados adequadamente, e que seja oferecida inicialmente em pequena quantidade. Mas se mesmo assim, você estiver se perguntando se o seu cão pode comer um pouco de quinoa crua, a resposta é definitivamente não.

Devido ao seu alto valor nutricional, a quinoa já é utilizada em diversas rações de linha comercial e também pode ser oferecida de forma natural, como um complemento alimentar para os cães que recebem uma dieta caseira, com refeições preparas em casa. As únicas restrições são mesmo em relação ao alimento cru, e a quantidade de cada porção. A quinoa crua não pode ser oferecida aos cães pois pode prejudicar o sistema digestivo, causando diarreia e até mesmo provocar vômitos. A quantidade deve ser moderada, em especial se for a primeira vez que ele experimenta. Nunca ofereça uma porção exagerada de quinoa de uma só vez, pois como se trata de um alimento muito rico em fibras, assim como outros cereais, os cães podem enfrentar maior dificuldade em digerir porções maiores. Lembre-se que os cachorros não são tão bons em digerir esse tipo de alimento como o ser humano, por isso é muito importante que as porções sejam moderadas, levando sempre em consideração o tamanho e o peso do animal.

Quinoa faz bem para cachorro?


Em princípio, conforme comentei mais acima, a quinoa é um alimento nutritivo, traz benefícios à alimentação dos cães que recebem uma dieta natural regularmente, e pode ser utilizado como complemento alimentar. Considerando a grande quantidade de proteína e carboidratos complexos, a quinoa pode ser oferecida aos cães que levam uma vida normal e ativa, e desde que seja oferecida em quantidade moderada e sempre cozida, não há contra-indicações. Entretanto, a quinoa é um alimento pouco utilizado para alimentação canina e é muito importante observar como o seu cachorro reage após as primeiras refeições que contenham uma porção desse alimento. É provável que o seu cão aprove de imediato o sabor da quinoa quando adicionada à refeição, mas nunca deixe de observar os resultados após as primeiras refeições. Os cuidados normais com a quinoa também se aplicam à alimentação do seu peludo, portanto prepare os grãos da maneira habitual, lavando muito bem antes de cozinhar e tomando todos os demais cuidados que você está acostumado, como se o alimento fosse preparado para o seu próprio consumo.

É bom lembrar que, conforme sempre comento aqui nos artigos de alimentação natural, os cães não são tão bem preparados para digerir alimentos de origem vegetal quanto nós. Alguns alimentos que contêm oxalatos podem ser de difícil digestão, em especial para os cães, e apesar dos sintomas negativos serem, em geral, quase imperceptíveis, alguns cães podem ser mais sensíveis do que outros, portanto utilize de um julgamento flexível nesta questão.

Se você observar qualquer reação negativa após o seu cão consumir quinoa, como salivação excessiva, incômodo oral, inchaço nas mucosas, falta de apetite ou vômitos, simplesmente elimine esse alimento do cardápio. A única maneira de determinar se o seu cão pode consumir quinoa é oferecer cautelosamente pequenas porções e monitorar se não há nenhuma reação indesejável.


Importante: O conteúdo desse blog tem caráter meramente informativo, e em nenhuma circunstância, substitui a orientação de um veterinário, especialmente no caso de distúrbios de fundo alimentar, intoxicação, ou qualquer outra patologia relacionada à ingestão de alimentos ou outros produtos. Sempre que houver qualquer sintoma atípico com seu pet, leve-o imediatamente ao veterinário. Lembre-se que quanto mais cedo for diagnosticado o problema, maior a chance de cura.